segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Uma folha em branco.

Perante uma folha em branco, tudo pode acontecer. Perante uma folha em branco, bloqueio. Dou voltas. Grito. Normalmente elouqueço. Depois volto a mim. Volto a elouquecer. Acrescentar algo a uma folha em branco é o maior desafio que se pode vencer. Não sei se é da cor ou do medo. Do medo de criar alguma coisa que só tem um admirador. Eu.

3 comentários:

Raquel disse...

Lindo.. Não são precisas muitas palavras para descrever uma sensação.. Conseguiu-o.

Mãe da Teresa disse...

http://www.youtube.com/watch?v=NmlDjghuTsw

Mãe da Teresa disse...

http://www.citador.pt/poemas/sorriso-audivel-das-folhas-fernando-pessoa

Sorriso audível das folhas
Não és mais que a brisa ali
Se eu te olho e tu me olhas,
Quem primeiro é que sorri?
O primeiro a sorrir ri.

Pessoa