domingo, 24 de julho de 2011

Confusear

Ele falousou mais uma vez entre estranhos. Sentia-se à vontade. Quanto mais pensava para dentro, mais falousava para os demais. E mesmo confuseando o cérebro, descobriu que na vida é preciso minuciar os dias, perguntar as horas, dissecar os segundos, enfuriar as têmporas. Já recontente com essa descoberta, despediu-se dos outros e canetou noite dentro à procura de um redesamar profundo.

1 comentário:

Mãe da Teresa disse...

à procura dentro do pensar
a descoberta do desamar
despediu-se à vontade

já recontente na vida
sentia-se outro
quanto
à procura entre os demais
é noite
segundo dia
segundos dias
estranhos mais uma vez